Para mirar al sur – After Untitled / Perfect Lovers

Fotografia, 2007
Aprox. 70cm X 100cm (série de oito imagens)
Em colaboração com Claudia Calabi (fotografia)

 

O projeto ocorreu em Havana e tinha o intuito de levar a experiência de Félix Gonzalez-Torres de volta a Cuba através de uma troca silenciosa. Para que essa busca fosse possível era importante também reavaliar a importância de sua obra no país que deixou ainda muito cedo. A obra Untitled / Perfect Lovers (1991), funcionou na série de trabalhos realizados em Cuba como uma espécie de bússola para todo percurso.

Os relógios de Torres foram recriados em Cuba, mas desta vez sob a forma de relógios de sol, tendo a luz do sol como substituto as baterias eletrônicas, e com o título / instruções: “Para mirar al sur”. Toda pesquisa girou em torno da idéia de um tempo e de um lugar específicos, os relógios de sol foram realizados levando em conta a posição geográfica de Cuba no mapa e funcionam somente em Havana, em qualquer outro ponto do planeta marcam horas que não correspondem a um tempo real.

Os relógios de sol impressos como gravuras, foram expostos em Havana e podiam ser levados pelo público então presente na ocasião. Posteriormente, em colaboração com Claudia Calabi, foi realizada uma série de 8 imagens fotográficas que mostram os relógios dispostos na paisagem da cidade.

Este trabalho tem relação com o projeto Radio Nacional, ambos foram desenvolvidos na mesma ocasião.